Álvaro Siza recebe em Chicago primeiro Prémio das Américas

881068
Fundação Iberê Camargo, em Porto Alegre, Brasil, de Álvaro Siza

Depois do recente prémio na Alemanha, pelo Museu de Hombroich, e da Royal Scottish Academy, Álvaro Siza recebeu agora a primeira edição do Prémio das Américas Mies Crown Hall, em Chicago, pelo projecto da Fundação Iberê Camargo, em Porto Alegre, no Brasil.

O prémio – no valor de 50 mil dólares (cerca de 39 mil euros) e uma cátedra no ano lectivo do Colégio de Arquitectura do Illinois Institute of Technology (IIT) – foi entregue na noite desta quarta-feira (madrugada em Portugal), no decorrer de um jantar no SR Crown Hall, a sede desta instituição em Chicago, que foi desenhada pelo arquitecto modernista alemão Mies van der Rohe.

O mesmo projecto em betão branco ganhou em 2002 o Leão de Ouro da Bienal de Arquitectura de Veneza . Em 2012, o Museu de Arte Moderna de Nova Iorque (MoMA) comprou 21 desenhos e uma maqueta do Iberê Camargo, entre outros projectos, considerando-o representativo da “maturidade total do estilo pessoal de Siza” e que é “um edifício de destaque na obra de Siza, bem como na arquitectura do século XXI em geral”. O edifício ressoa, para alguns, a arquitectura da brasileira Lina Bo Bardi. “Foi em Lina que Siza se apoiou para desenhar os tubos exteriores que assinalam a imagem de marca do edifício”, escreveu a crítica de arquitectura Ana Vaz Milheiro no PÚBLICO.

Em simultâneo com Álvaro Siza, foi também premiada a dupla de arquitectos suíços Herzog & de Meuron, pelo edifício que projectaram para Miami Beach, na Florida, concluído em 2010.

De resto, quando no início deste ano anunciou a criação do novo prémio – que, a partir de agora, passará a ter uma periodicidade bienal –, que tem por objectivo “reconhecer a excelência da arquitectura” no continente americano, o IIT explicou que haveria uma distinção principal e outra para uma arquitectura emergente (com o valor de 25 mil euros).

O júri, presidido por Kenneth Frampton, arquitecto e professor na Columbia University, explicou agora que a quantidade e a qualidade dos projectos analisados justificaram a decisão do IIT de atribuir dois prémios iguais, um cobrindo o período de 2000-08, ou outro, de 2009-13.

Concluído em 2008, o edifício da Fundação Iberê Camargo, em Porto Alegre, apresenta “espaços abertos e generosos [que] são inspiradores para o estudo e investigação da arte contemporânea numa atmosfera privilegiada”, justifica o júri. E continua: “O edifício responde ao desafio de se adequar a um espaço relativamente pequeno, estreito e ladeado por uma movimentada avenida. A sua forma adequa-se à da encosta que lhe serve de fundo; apresenta uma frente ondulada em simetria com a própria encosta”.

O júri assinalou ainda “a importância deste espaço simbólico na sua relação com o passeio público – e o movimento das pessoas através da estrutura. O edifício convida e impele o visitante a movimentar-se no seu interior, tanto pela experiência de uma arquitectura habilmente esculpida como pela mestria das suas formas”.

O edifício dos Herzog & de Meuron – o 1111 Lincoln Road, Miami Beach, Florida – é um icónico parque de estacionamento acima do nível da rua, que tem ainda dois pisos com residências e um restaurante. É uma construção que “prova que uma infra-estrutura pode assumir uma forma que celebra todas as possibilidades da arquitectura”, diz o júri.

Os dois projectos premiados foram escolhidos após meses de debate, de que resultou uma selecção de sete finalistas. Os outros cinco foram o edifício residencial Altamira, em Rosário, Argentina (Rafael Iglesia Arquitectura); a Capela do Retiro, em Auco, nos Andes chilenos (Undurraga Deves Arquitectos); o restaurante Mestizo, em Santiago do Chile (Smiljan Radic Studio); o Nelson-Atkins Museum of Art, em Kansas City, Missouri, EUA (Steven Holl Architects); e a Biblioteca Central de Seatle, Washington, EUA (OMA/LMM).

“A selecção destes trabalhos, depois de vários meses de debate, é apenas o início”, comentou Wiel Arets, responsável do Colégio de Arquitectura do IIT e pelo lançamento deste Prémio das Américas Mies Crown Hall. “Estamos a começar um debate sobre as oportunidades da metrópole moderna”, acrescentou Arets, que também integrou o júri.
DSC03297

fonte:

http://www.publico.PT
http://biancapbmaquetes.blogspot.com/2011/12/maquete-fundacao-ibere-camargo-porto.html

Comentar artigo

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s